ALGUÉM TEM SENTIDO MELHORA?

Um pouquinho aqui, um pouquinho ali!

Depoimentos

Sérgio Queiroz - São Paulo/SP

| Portador de retinose pigmentar | Terapia: Acupuntura

"Bem, eu sou o Sérgio! Sempre tropeçava nas coisas, todos falavam que eu era atrapalhado e para ser sincero, também achava...haha Uso óculos desde os 09 anos, tenho miopia e astigmatismo, então achava que era normal não enxergar bem, principalmente no escuro. Em falar nisso, quantas situações já passei... Lembro que certa vez fui ao cinema com amigos, eles entraram na frente e me deparei sozinho e no escuro, fiquei paralisado, quase que chorei, kkk, mas aí uma amiga pegou na minha mão e me conduziu até o lugar. Outro fato que ocorre rotineiramente é as pessoas estenderem a mão para me cumprimentar e eu não ver. Vamos falar do meu diagnóstico.. Sim! preferi falar de fatos engraçados primeiro para depois falar dela, a famosa Retinose Pigmentar! Foi bem pesado receber o diagnóstico: o médico jogou em cima como se fosse uma sentença de morte, oferecendo laudo para aposentadoria e benefícios como bilhete especial para transporte, e para complementar disse que não tinha jeito, eu ficaria cego. Mas como sou teimoso, decidi procurar na internet tratamentos alternativos, acabei encontrando o canal no youtube da Talita e vi em um dos seus posts, falando sobre o Instituto Shen, que proporciona tratamento com eletroacupuntura e laser. Quando cheguei lá, tinha dores nos olhos e secura, fazia uso de colírios que resolviam paliativamente com curta duração, além de uma irritabilidade extrema. Hoje posso afirmar que não necessito de colírios e meu nível de irritabilidade está num grande declínio. Posso afirmar que está doença me fez refletir sobre minha vida, com apoio da minha querida terapeuta Susi e além dela fiz grandes amigas/parceiras de luta Talita, Suelen, Lurdinha e os queridos Diogo e Tulio."

Maria de Lourdes - Aparecida de Goiânia/GO

| Portadora de retinose pigmentar | Terapias: Ortomolecular e acupuntura

"Eu me chamo Maria de Lourdes, tenho 55 anos, sou professora aposentada. No ano de 2012, numa consulta de rotina ao oftalmologista para a realização de exames e troca de óculos, o médico percebeu que eu tinha um problema mais sério em minha visão. Fui encaminhada ao retinólogo e fiz todos os exames necessários, sendo constatado um problema de retinose pigmentar (trata-se de um conjunto de doenças hereditárias, que causam a degeneração da retina, região do fundo do olho humano responsável pela captura de imagens.) Fiquei muito triste, mas o médico me disse palavras de ânimo ressaltando que a minha sorte é que a retinose se manifestou em mim depois que eu já tinha meus filhos. Iniciei uma pesquisa sobre a retinose, e não parei mais, em busca de conhecimentos sobre este assunto. Assim, tive a ideia de ir ao médico Ortomolecular.  Passei pela bioressonância, sendo diagnosticado carência de vitaminas no meu organismo e presença de muitos metais pesados. Com o início do tratamento, em menos de um mês fui a um restaurante e, para a minha surpresa, ao pegar o cardápio, constatei que eu estava lendo sem óculos (eu não conseguia ler sem óculos, antes desse tratamento). Fiquei muito alegre pois verifiquei que o tratamento estava tendo um efeito positivo. Acompanhando os vídeos da Talita Muniz no YouTube, fiquei sabendo de mais um tratamento que poderia ser favorável aos meus olhos: eletroacupuntura com a Susi do Instituto Shen, em Guarulhos. Fiz nove sessões. Depois disso, passei a sentir mais segurança para subir e descer escadas. Sei que ainda não tem cura para este problema, mas podemos buscar outras alternativas que contribuam para melhorar a nossa vida. Não só a visão, mas a harmonia do nosso corpo. Enquanto isso, fico na esperança da cura definitiva. Todos os dias agradeço a Deus por tudo, pois até aqui Ele tem me sustentado e me sustentará até o fim."

Carolina Stolf - Joinville/SC

| Portadora de retinose pigmentar e catarata | Terapias: Método self-healing e acupuntura

"Até meus 25 anos, a RP não me chamava muito a atenção, por vezes era até ignorada e não admitida por mim, apenas lembrada nos locais escuros e nos exames de campimetria computadorizada que realizava anualmente. Após 10 anos de exames, o antes e depois dos tons de cinza mostraram o avanço da periferia cinza claro para o cinza escuro. Após o diagnóstico dos primeiros sinais de catarata aos 25 e uma batida de carro em consequência da notícia, tive realmente medo de perder minha visão. Incomodada com os sinais de cansaço visual e, por vezes, visão tubular, moscas volantes e clarofobia - não apenas decorrentes da RP e catarata, mas também pela exaustão ocular que as horas de leitura e em frente ao computador acarretavam, foi que em 2015 comecei minha busca pela cura. Quem busca, ACHA!" [...]

Patrícia Werneck - Petrópolis/RJ

| Portadora de retinose pigmentar | Terapia: Método self-healing

"Oi galera! Sou Patricia, moro em Petrópolis, RJ e tenho 35 anos! Descobri a retinose quando adolescente, logo depois de já ter sido manifestada também a toxoplasmose! A toxoplasmose estacionou, graças a Deus, depois de vários remédios! Hoje sou casada há 15 anos, tenho duas filhas de 10 e 5 anos! Se a vida é fácil pra mim? Não! kkk Não leio muito bem a noite, já parei ônibus errado, não posso costurar, tenho dificuldade de ver o centro do rosto das pessoas, entre outras coisas! Apesar de algumas vezes me sentir deprimida, tento lembrar do que o meu médico sempre diz: "Você é a garota que enxerga de teimosa!" Segundo ele e os exames, eu não era para estar enxergando quase nada! Eu tenho muitas dificuldades, mas consigo sair sozinha a noite com muita cautela, mas consigo! Às vezes, até o meu marido esquece da minha dificuldade pelo fato de eu ainda fazer muitas coisas! Já chorei, já quis morrer e ainda sofro! Mas agora parece que estacionou, por ser cristã, creio que Deus me abençoou e ele já me deu provas disso! Provas essas que eu contratei inúmeras vezes! De teimosa! Hoje faço os exercícios da Dra Tatiana Gebrael, por conta própria já que não tenho como comprar o curso! Faço há 4 meses, senti uma melhora bem superficial! Até o momento minhas dores de cabeça e olho seco diminuíram e de longe eu quase que identifico números! Ou seja, já não são apenas borrões! Enfim, continuo na luta e na busca por novidades, suplementação e etc! Alguns dias vendo melhor, outros menos, oscilando! Mas continuo fazendo planos e sonhando!"

Suelen Mechi - Jales/SP

| Portadora de síndrome de goldman favre e edema macular | Terapia: Acupuntura

"Há quase oito anos fui diagnosticada com Síndrome de Goldmann Favre, doença muito semelhante a Retinose Pigmentar, tendo a mesma abordagem entre os médicos que me consultei até hoje. ambém tenho edema na macula nos dois olhos e venho lutando durante todo tempo para reduzir seu tamanho (cisto) que possibilita melhorar a qualidade da visão. Já me submeti ao uso de medicamentos, colírios e até fiz aplicações (medicamentosa) diretamente nos olhos, em todos os casos o edema até diminuía mas por um período curto e logo retornava, em todos tive reações como formigamento e mal estar físico, ou seja, não compensava o crime, um investimento alto de pouco retorno." [...]

Please reload

Cada organismo responde de uma maneira, dependendo dos seus hábitos alimentares, da sua rotina e principalmente de como você lida com a doença em sua vida. Diante de uma doença considerada sem cura pela medicina tradicional, muitas pessoas procuram tratamentos alternativos: acupuntura, exercícios visuais, argilas, suplementos, chás, cirurgias espirituais, radiestesia, constelações familiares, apometria... dentre tantas outras! Aqui você vai encontrar depoimentos desses tratamentos alternativos e fica mais fácil avaliar o que, de repente, pode dar certo para você de alguma forma! :)